quarta-feira, 26 de julho de 2017

Filme Ektar 100

Esse mês resolvi falar do meu filme preferido: o Ektar 100. Acho que não tem como não amar esse filme! Ele é um filme negativo da linha profissional da kodak, mas é um pouco mais barato do que o Portra. 


Ektar colors

O Ektar 100 tem uma nitidez maravilhosa e de acordo com a Kodak esse é o filme com o menor grão do mercado. Eu acho que é verdade, porque o grão é muito fino; mesmo em comparação com outros filmes de ISO 100. As imagens parecem super clean com o Ektar. Isso pode ser bom ou ruim, dependendo do seu gosto, pois muitas pessoas adoram o grão do filme e quanto mais evidente melhor. Eu adoro grão, mas esse visual limpo do Ektar também acho lindo.




kodak ektar 100



As cores

Essa é a melhor parte desse filme, principalmente para quem gosta de fotografar natureza e paisagem como eu. A paleta de cor parece variar um bocado de acordo com as condições de luz, mas de modo geral  ele é um filme muito saturado e rende cores comparáveis aos filmes positivos (slides). Se for sub-exposto então as cores ficam ainda mais vibrantes. Claro que isso para mim é um super plus desse filme, mas dependendo do seu gosto, pode não ser, caso você prefira fotos menos saturadas.


flowers shot with ektar
Minha foto preferida


Segundo a kodak, esse filme você pode sub-expor em 1 fstop e super-expor em 2 fstops. Realmente pela minha experiência, ele não fica tao lindo super-exposto em 3 fstops como o Portra.



Para fotografar pessoas eu recomendo super-expor um pouco o filme.







Mais sobre cores, atenção:

É bom lembrar que as cores vão depender do processo de escaneamento, do conhecimento de quem escaneia, do equipamento usado, das configurações usadas, etc. Falo isso porque hoje em dia quando nós mandamos um filme para revelar, na maioria das vezes recebemos fotos digitalizadas em um CD, ou seja, passam pelo processo de escaneamento. "Ah mas eu não recebo em CD, recebo as fotos impressas no papel fotográfico", pois é bem provável que essas fotos no papel sejam apenas uma impressão feita do filme escaneado pro computador, não uma ampliação como faziam antigamente. A ampliação é um processo mais caro e a maioria dos laboratórios escaneiam o filme e depois imprimem a foto, mesmo que nunca te entreguem um CD.

Bem gente, é isso. Indico demais que experimentem o Ektar, se experimentarem voltem pra contar. 

16 comentários:

  1. Oi Vanessa, eu sumi, mas voltei! rs
    Eu fico aqui babando nas suas fotos mesmo sem entender nada da parte técnica. Já falei lá no Instagram o quanto gosto do seu olhar para o mundo através da fotografia!

    Quando leio seus posts falando dos filmes, fico tentando ver as diferenças entre as foto com os outros filmes rs mas uma coisa é fato, passei a admirar ainda mais quem fotografa com câmeras analógicas através dos seus posts e fotos. E eu não tinha idéia de que essas fotos não eram simplesmente reveladas do filme para o papel, sempre achei que fosse assim!

    Um beijo.
    Aline

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. acho que a maioria das pessoas pensa que a foto é ampliada como antigamente, eu também pensava e foi uma decepcao descobrir que nao haha.

      Ah bom ter você de volta <3 beijso

      Excluir
  2. Vanessa, seu blog foi uma descoberta e tanto pra mim, haha. Tô amando ver posts sobre analógicas! <3 Eu gosto de filmes granulados, mas acho que minha preferência mesmo é quando eles são mais finos e não tão evidentes; em relação às cores, eu amei muuuito as que apareceram aqui. Essa foto da flor tá realmente maravilhosa, e também foi minha preferida. As suas fotografias ficaram lindas, viu? :)

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. awwwh obrigada, fico feliz que goste do meu cantinho. <3
      beijos

      Excluir
  3. Você está me deixando com vontade de voltar a usar minha analógica.
    Tenho uma Mamyia e uma Minolta, inclusive adaptei a lente dela para a minha dslr.
    Essas fotos ficaram lindas demais *_*

    ResponderExcluir
  4. aquela sua foto preferida também foi a minha preferida desse post, que cores lindas! e realmente, amei a nitidez desse filme, é uma coisa maravilhosa. eu gosto de ruido e fotos menos saturadas, mas isso não me fez gostar menos das fotografias que fez com esse filme :) hahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigada, fico super feliz que você tenha gostado <3

      beijos

      Excluir
  5. Wow, suas fotos são lindas!!
    Não entendo dessa coisa técnica, mas acho incrível quem sabe e passa o conhecimento, sério amei as fotos e seu blog :)

    http://heyimwiththeband.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigada <3 eu gosto de passar o que sei porque outras pessoas já me ajudaram antes, entao acho que devo passar isso adiante ;)

      Excluir
  6. Adoro seus posts sobre fotografia analógica! Amei as fotos desse e legal um filme com tão pouco grão!
    Também sou fã do granulado, mas ter uma opção com pouco é bem legal né?
    Eu gosto das cores menos saturadas, mas achei lindas nas fotos do post!
    beijos!
    A Menina da Janela

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu gosto muito de grao também, mas acho que mesmo filmes sem grao sao lindos. Mas sou suspeita porque sou viciada em filmes haha

      beijos

      Excluir
  7. Oi flor,
    Achei as fotos lindas, mas sou suspeita, pois gosto de suas fotos, principalmente as mais saturadas. Amei as foto das margaridas e da flor vermelha, foram as minhas favoritas.
    Bjus
    Amanda Almeida
    http://blog.amanda-almeida.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. awwwhhh obrigada, querida <3 você é um amor!

      beijos

      Excluir
  8. As cores dele são realmente lindas, na primeira foto a folha parece até metalizada. :)

    ResponderExcluir

Safelight-room © , Todos os direitos reservados. Layout base por Sadaf F K. com modificacoes feitas por mim, Vanessa S.